O que é Teologia

O que é Teologia

Teologia é o nome dado ao estudo de Deus e coisas relacionadas a ele, assim como sua relação com a vida humana, costumes e o universo.

Um teólogo é o estudioso que analisa, entre outras coisas, a influência da fé na vida humana e a presença do pensamento sobre Deus, sua crença em existência e poder, além dos escritos bíblicos, a escatologia (ciência que estuda o fim dos tempos) e as religiões.

O que é teologia?
A palavra teologia vem do latim “Theologia”, que é formada a partir da junção de “Theos” (Deus) e “Logos” (estudo de). O mesmo se observa a partir do grego “Theologos” (aquele que fala sobre deuses). Estas são basicamente definições do que é teologia. No pensamento grego o termo surge pela primeira vez no diálogo “A República”, de Platão.

A teologia é, portanto, uma ciência que atravessa os séculos, cuja linha de pensamento se propõe a estudar os fenômenos relacionados com Deus e suas interferências diretas na vida e nos acontecimentos universais e a transformação da sociedade.

Envolve, portanto, os significantes naturais, as ações humanas, o estudo da crença, da libertação, do contexto e citações bíblicas; assim como as diversas doutrinas aplicadas pelas igrejas ao longo da história.

É conhecida como curso fundamental para padres e pastores, mas aberta a qualquer pessoa que tenha interesse em se tornar um estudioso na área.

Conceitos e divisões dentro da Teologia
Apesar de todas levarem às reflexões acerca da divindade e da influência dos costumes, a teologia não é unificada. Espalhando-se em ramos e linhas de pensamento e abordagem, existem algumas divisões e aplicações. Elas são:

Teologia Natural: tendo como precursores os estudos de Tomás de Aquino, verifica e estuda Deus através do pensamento e da razão. Aquino foi um frade italiano da Ordem dos Pregadores, que por seu grande apreço aos estudos também influenciou a filosofia.

Há divisões e divergentes opiniões a respeito da teologia natural, pois alguns estudiosos contestaram, através dos tempos, a possibilidade de provar a existência de Deus através da razão.

Teologia Reformada: teve seu início com Martinho Lutero, ainda em 1517, após a pregação de suas teses e originando o que ficaria conhecido como Reforma. Em contrapartida, o movimento gerou a Contra Reforma da Igreja Católica, que era contra o livre pensamento e a pregação de outras diretrizes que não as da própria Igreja.

Hoje em dia a Teologia Pentecostal é um dos frutos desse direcionamento: também conhecida como Teologia Moderna, voltada para os estudos com base no protestantismo e amplamente divulgada por determinadas religiões.

Teologia da Libertação: corrente humanista com tendências marxistas, teve grande divulgação no Brasil após os trabalhos e idéias do teólogo Leonardo Boff serem difundidas nos canais de comunicação, assim como toda a polêmica causada por ela.

Nascido Genézio Darci Boff foi membro da Ordem dos Frades Menores da Igreja Católica e hoje em dia se dedica totalmente à causa ambiental. Boff desenvolveu conceitos teológicos que lhe renderam um processo pela Igreja Católica. Na época, o cardeal Joseph Ratzinger (depois eleito Papa Bento XVI) afirmou que os estudos de Boff colocavam em risco os conceitos e a doutrina da Igreja. Boff desligou-se de suas funções sacerdotais algum tempo depois.

Teologia da Prosperidade: também conhecida como “confissões positivas”, estuda e aplica os textos bíblicos para produzir o bem estar físico e material para os que acreditam que Deus pode distribuir estes bens a quem os pede com fé. Bastante aplicada em determinadas igrejas neopentecostais (como a ‘Paz e Vida’ e ‘Universal do Reino de Deus’), foi criada pelo pastor americano Essek William Kenyon.

Teologia Contemporânea: surge segundo os costumes e necessidades atuais. A Teologia da Libertação e da Prosperidade, por exemplo, são correntes relativamente novas, sinais dos tempos modernos e da necessidade do cidadão atual de entender e estudar o meio em que vive através do pensamento de Deus. Além dessas, existem ainda outras vertentes, que têm sido criadas conforme a necessidade da humanidade e conforme os valores vão mudando e se transformando.

Hoje em dia, portanto, já é possível se ouvir falar em Teologia Feminista, por exemplo; ou ainda Teologia Urbana e Teologia Ética. Todos estes são exemplos de Teologia Contemporânea.

 

Inscreva-se em nosso curso de teologia

Acesse aqui a página de cadastro do Curso de Teologia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SUPLETIVO

  Para você que ainda não terminou os estudos e quer ter a oportunidade de começar a faculdade ou até mesmo iniciar […]